Radiação Ultravioleta na pele

Os raios UVA + UVB causam danos à saúde, eles penetram profundamente na pele, provocando alterações nas células de efeito acumulativo. A exposição solar durante os primeiros 10 anos de vida aumenta o risco de problemas de pele na fase adulta.
A pele que sofre com a exposição solar está sujeita a:

  • Queimaduras na pele – A pele fica seca, enrugada, enfraquecida e flácida.
  • Envelhecimento precoce – A exposição solar aumenta os radicais livres e quebra as fibras elásticas e de colágeno.
  • Manchas na pele – As manchas podem ser escuras ou claras afetando as áreas que ficam mais expostas ao sol.
  • Câncer de pele – Tomar sol de forma prolongada e frequente corre o risco de desenvolver câncer de pele.
  • Acne Solar – É provocada pelo excesso de oleosidade e pela radiação solar, atinge principalmente o rosto, pescoço, ombros e as costas.

Você sabia?

Você sabia que o câncer da pele responde por 33% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos.
A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Essas células se dispõem formando camadas e, de acordo com as que forem afetadas, são definidos os diferentes tipos de câncer.
Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares, responsáveis por 177 mil novos casos da doença por ano. Mais raro e letal que os carcinomas, o melanoma é o tipo mais agressivo de câncer da pele e registra 8,4 mil casos anualmente. (Fonte: SBD/2018).

Para identificarmos as mudanças em manchas e pintas, foi criada uma regrinha chamada ABCDE do câncer de pele, uma avaliação de cinco características distintas que podem surgir na pele.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀🎗️🎗️🎗️
A – Assimetria – lesão com formato irregular;
B – Bordas irregulares – os limites externos se mostram irregulares;
C – Cor – lesão com coloração variada;
D – Diâmetro – lesão sendo maior do que cinco milímetros;
E – Evolução – sinais que crescem com o tempo e passam por alterações em sua forma e cor.
⠀⠀
Observe as manchas e se notar alguma alteração consulte imediatamente um médico dermatologista.

Você sabe como se prevenir para proteger a pele dos efeitos da radiação UV?

A exposição à radiação ultravioleta (UV) tem efeito cumulativo e penetra profundamente na pele, sendo capaz de provocar diversas alterações, como o surgimento de manchas, rugas e outros problemas.⁣

Lembre-se:

  • Usar chapéus, camisetas, óculos escuros e protetores solares.
  • Cubra as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas.

  • Evitar a exposição solar e permanecer na sombra entre 10 e 16 horas (horário de verão).
  • Usar protetor solar diariamente, e não somente em horários de lazer ou de diversão. Reaplicar o produto a cada duas horas.
  • Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas.
  • Manter bebês e crianças protegidos do sol. Protetor solar pode ser usado a partir dos seis meses.
  • Consulte uma/um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.⁣⁣
  • Previna-se 🧡

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *